dafabet

Capa do Álbum: dafabet
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
dafabet
Ícone seta para a esquerdaVeja todas as Notícias.

Tradições natalinas ao redor do mundo

Confira os diversos costumes e como o natal é comemorado pelo globo

Placeholder - loading - iStock
iStock

Publicada em  

A segunda quinzena do mês de dezembro se aproxima e ansiedade pelas festas do final do mês se tornam cada vez mais evidente. Milhares de pessoas ao redor do mundo já se preparam com as decorações natalinas mais deslumbrantes e planejam especiais reuniões com a família e amigos para a virada do natal.

Sem contar que os grandes centros comerciais globais e agências de turismo também já se aprontam para proporcionar as melhores experiencias àqueles que amam se aventurar nessa época tão especial com aqueles que ama. Contudo, não há mais nada que tenha a cara do natal do que as deleitosas e singulares tradições natalinas, que variam de país a país.

Com isso, a dafabet separou uma lista especialmente para ouvintes sobre algumas das tradições de natal mais interessantes e suas particularidades de alguns países ao redor do mundo. Confira:

Estados Unidos

Como já estamos acostumados a ver constantemente nos filmes hollywoodianos, o que definitivamente não pode faltar em um natal norte-americano são as tradicionais decorações estupendas que tendem a virar grandes competições pela vizinhança ao redor do país. Um dos costumes mais comuns é quando as criancinhas insistem em deixar um prato de cookies próximo à lareira para receber o tão aguardado Papai Noel.

Além, é claro da grande cereja do bolo em que o feriado é marcado por um inverno congelante, em certo ponto até divertido, com direito a tempestades de neve, em alguns condados, que assim que possível são aproveitadas para fazer os bonecos de neve mais incríveis e bem trabalhados, fazer o formato dos anjos no chão, o famoso chocolate quente acompanhado de uma lareira quentinha e aconchegante.

Há quem diga que nos EUA, o feriado de Ações de Graças, que acontece sempre na última quinta-feira do mês de novembro, é muito mais especial e valorizado para os norte-americanos e canadenses. E é a partir desse momento de gratidão pelo ano que se passou, que a população entusiasmada inicia as preparações natalinas.

Itália

O natal italiano é basicamente um evento repleto de tradições e experiências que tendem a ser mais outdoors (fora de casa) do que indoors (dentro de casa). Como por exemplo as insubstituíveis feirinhas que estão presentes em toda a Itália, desde a última semana de novembro até a primeira semana de janeiro. Uma muito conhecida é a Feirinha de Natal de Vipiteno, cidadezinha medi encantadora que está localizada no norte da Itália, onde desde a decoração chamativa, até as maravilhas da culinária fazem um grande apelo turístico a região muito cobiçada.

Um costume de muito valor, até mais significativo que as próprias árvores de natal, são as visitas aos presépios, além dos próprios nativos, que conforme tradições familiares, constroem seus próprios e distribuem pelas diversas lojas artesanais que há anos transmitem a arte do presépio de geração em geração. Na região do extremo norte do país, Alto Ádige, já é tradição planejar as clássicas feirinhas para aguardar a visita do Papai Noel, receber os presentes e assistir à procissão em homenagem a São Nicolau.

A história da figura do Papai Noel italiano é um tanto quanto curiosa. Ele é representado por duas personagens, já que dependendo da cidade ou área, ele se atrela a duas grandes figuras femininas: Santa Luzia e a Befana. A primeira foi uma cristã mártir que perdeu sua visão, assim ela traz presentes às crianças na madrugada entre os dias 12 e 13 de dezembro, com exceção de algumas regiões do norte, que esperam pelo soar do sino que anuncia o momento de abrir os presentes de Natal. Por outro lado, no resto do país, o “último suspiro” dos presentes é concedido pela Befana, uma velha bruxa nariguda de saia longa, que viaja ao redor do globo em sua vassoura, levando guloseimas para as crianças boazinhas e para aqueles que não se comportam, ela leva um pedaço de carvão.

Noruega


A época natalina na Noruega se difere em diversos aspectos quando comparada a outros países em seu entorno. O feriado de natal é considerado o segundo mais importante e valorizado do país, perdendo apenas para 17 de maio, quando é celebrado o dia da Constituição do país. As comemorações vão desde o mês de novembro, quando os nativos aproveitam para curtir o Julebord, uma espécie de confraternização que conta com banquetes especiais com os mais tradicionais pratos natalinos, como “ribbe” (costela de porco) e “pinnekjøtt” (costela de cordeiro), acompanhados de cerveja preta e de aquavit, destilado norueguês.

Além disso, a população costuma a presentear uns aos outros com um calendário do advento, intitulado Julekalender, que tem como finalidade fazer a contagem regressiva para o Natal, que por lá é chamado de Jul, tendo início no dia 1º de dezembro e finalizando na véspera de Natal.

O dia 23 de dezembro é marcado com a véspera que é inteiramente dedicada aos enfeites das árvores natalinas ou o direito de abrir um único presente. No dia seguinte, 24, o dia é nomeado como o Julaften, os noruegueses também tem o costume de se encontrar na casa de familiares e amigos para degustar uma deliciosa ceia natalina, e assim que o jantar acaba, é hora de desembalar os tão aguardados, enquanto no próprio dia 25 de dezembro é dedicado para se reunir com toda a família.

Rússia

Quando nos referimos a Rússia, coisas majestosas sempre a acompanham, e é claro que com a época natalina não é diferente. Um pouco fora do padrão, tanto pelos russos quanto pelos ucranianos e outros 13 mais países onde o cristianismo ortodoxo é muito presente, o natal é comemorado no dia 7 de janeiro. Isso ocorre pois eles seguem os dias do ano de acordo com o calendário juliano, ao invés do gregoriano, assim há 13 dias de diferença entre esses dois calendários.

Depois da Páscoa, os cristãos ortodoxos consideram o natal como o feriado religioso mais significativo, além do jejum muito respeitado entre os dias 28 de novembro a 6 de janeiro, os religiosos comparecem à chamada “vigília noturna” e orar a noite inteira. A missa é considerada tão essencial nesses dias que aqueles que não conseguem comparecer presencialmente, podem acompanhar pela televisão.

De acordo com a tradição natalina russa, que mesmo que muitos não sigam nos dia de hoje, as famílias devem preparar uma ceia na véspera de natal bem específica que conta com: kutia (mingau doce), carne e peixe assados, kulebiaka (uma torta grande com repolho ou cogumelos) e sobremesas de frutas (como pastila) na mesa. Infelizmente, segundo uma pesquisa, o feriado é comemorado por dois terços dos russos, e destes somente 19% vão às igrejas.

México

O natal mexicano, quando se fala sobre singularidade, também não decepciona! Os eventos natalinos já se iniciam no dia 12 de dezembro com a festa da Nossa Senhora de Guadalupe e seguem até fevereiro, todos repletos com a música local inigualável e a culinária incrível mexicana. Na semana seguinte, no dia 16 de dezembro, é celebrado um dos eventos mais relevantes do México, chamado as Posadas, que é finalizado só na véspera de Natal.

No total são 9 noites que sempre acabam em festa, com ponche quente e buñuelos, uma espécie de massa doce frita. Além dos quitutes, é claro que não poderiam ficar de fora as conhecidas piñatas. E as festas não acabam por aí, com a Noite dos Rabanetes, A Pastoleras e a Festa do Takari. O dia 24 é acompanhado pela tradicional ceia junto com os amigos e familiares, além da decoração da árvore de Natal, o destaque de fato é dedicado aos presépios, velas e coroas. E não é apenas o Papai Noel que é contemplado e adorado pela população por trazer presentes, o Rei dos Magos também é muito valorizado, no dia 6 de janeiro, quando eles tradicionalmente servem as “Rocas de Reyes”.

Veja também:

ESPECIAL FIM DE ANO: CONHEÇA 5 TRADIÇÕES DO ANO NOVO ITALIANO

FINAL DE ANO: HOTÉIS LUXUOSOS PARA CELEBRAR AS FESTIVIDADES

Últimas Notícias

  1. Home
  2. noticias
  3. tradicoes natalinas ao redor …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.

dafabet Mapa do site