dafabet

Capa do Álbum: dafabet
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
dafabet

NOTÍCIAS SOBREfumo

Veja essas e outras notícias da dafabet

Placeholder - loading - Imagem da notícia Não há quantidade segura de cigarro

Não há quantidade segura de cigarro

As autoridades de saúde argumentam há muito tempo que não há uma quantidade segura de fumo. Mas, mesmo assim, muitas pessoas assumem um cigarro aqui, outro ali, não faz mal. Um novo estudo publicado no Lancet Respiratory Medicine descobriu que fumar apenas alguns cigarros por dia causa danos nos pulmões semelhantes a fumar mais do que um maço por dia.O estudo examinou os hábitos e a saúde de mais de 25 mil americanos fumantes entre 17 e 93 anos. No início, cada pessoa contou aos pesquisadores o quanto eles fumavam (além de informações gerais sobre sua saúde, demografia e estilo de vida) e fizeram um exame de espirometria, que avalia a função pulmonar medindo a quantidade de ar que pode ser expirado em um segundo, bem como a quantidade de ar que os pulmões podem liberar no total depois de respirar fundo. Os participantes foram rastreados por até 20 anos, período durante o qual fizeram pelo menos mais um teste de espirometria para avaliar alterações na saúde pulmonar.A função pulmonar diminui naturalmente com a idade, mas o tabagismo é conhecido por acelerar o processo, colocando os fumantes em risco de doença pulmonar obstrutiva crônica e outras condições respiratórias. E, como os pesquisadores demonstram no novo estudo, quase qualquer quantidade de fumo parece impulsionar esse efeito.Quando o estudo começou, cerca de 10 mil dos participantes do estudo nunca haviam fumado, enquanto 7 mil haviam parado de fumar; 5,8 mil haviam oscilado entre parar de fumar e fumar; e 2,5 mil fumavam. Com o tempo, os pesquisadores descobriram que tanto os ex-fumantes quanto os atuais tinham pior função pulmonar do que os nunca fumantes - e não havia uma enorme diferença entre os pulmões de pessoas que fumavam apenas cinco unidades de cigarro ou um maço inteiro por dia.Ter menos de cinco cigarros por dia foi associado a cerca de dois terços dos danos nos pulmões do que fumar 30 ou mais cigarros por dia, de acordo com o estudo. Em outras palavras, um fumante leve pode esperar perder quase tanto a função pulmonar em um ano quanto um fumante pesado em nove meses.A coautora do estudo, Elizabeth Oelsner, do Centro Médico Irving da Universidade da Columbia, diz que a descoberta deve dissuadir as pessoas de consumir qualquer quantidade de fumo - mas não deve desencorajar os fumantes atuais de reduzir o uso diário de cigarro. Fazer isso pode ser um passo importante para cessar completamente e pode trazer benefícios significativos para a saúde.O documento também reforça a opinião convencional de que é melhor acabar com o hábito o mais rápido possível. Oelsner diz, no entanto, que é possível que os riscos à saúde relacionados ao fumo nunca desapareçam completamente.Mas existem algumas ressalvas nas conclusões deste estudo. Por exemplo, ele se baseou em dados autorrelatados, que sempre vêm com a possibilidade de imprecisão. As pessoas no estudo também tiveram diferentes números de exames de espirometria ao longo dos anos. A magnitude dos efeitos do tabagismo na função pulmonar também diminuiu após o ajuste para fatores relevantes, como a presença de doença pulmonar e a exposição ao fumo passivo, mas as tendências gerais permaneceram as mesmas.No final, Oelsner diz que muitas pesquisas, incluindo a dela, apoiam a ideia de que a melhor quantidade de fumo é nenhuma. "As mensagens mais importantes são, de várias maneiras, as que já sabemos: fumar é extremamente ruim para a saúde dos pulmões e evitar o fumo é a melhor coisa que você pode fazer".As informações são da revista norte-americana LINK.

4A
Placeholder - loading - Imagem da notícia População tem acesso a ações contra o fumo

População tem acesso a ações contra o fumo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou recentemente um relatório sobre o cigarro. Segundo o texto, há um aumento no número de países mobilizados em campanhas políticas para o controle do tabagismo, através de advertências gráficas nos produtos e proibições de publicidade.A organização informou que aproximadamente 63 por cento da população mundial (4,7 bilhões de pessoas) estão protegidas por pelo menos uma medida pública contra o tabagismo.O número, segundo a OMS, quadruplicou desde 2007, quando apenas 1 bilhão de pessoas conheciam projetos contra o cigarro. Mesmo assim,, a indústria segue dificultando os esforços dos governos para aplicar as intervenções, segundo o informe publicado."Os governos de todo o mundo não devem perder tempo em não incorporar todas as disposições do Convênio Marco para o Controle do Tabaco em seus programas e suas políticas nacionais", disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS.Vigiar o consumo de tabaco e as políticas de prevenção, proteger a população da fumaça do cigarro, oferecer ajuda para o abandono do tabagismo, advertir os perigos do cigarro, fazer cumprir as proibições sobre publicidade, promoção e patrocínio do tabaco e aumentar os impostos sobre o tabaco são as estratégias de apoio às medidas de redução estabelecidas em 2008.O cigarro é o quarto produto com mais impostos no Brasil. A Lei Antifumo entrou em vigor em dezembro de 2014 e proíbe o consumo do produto em locais fechados. A medida mais recente anunciada pela Anvisa, em maio deste ano, pretende deixar ainda mais fortes e claros os avisos nos maços, com frases mais impactantes.Para ler mais notícias, curta a página dafabet News!

6A

Fique por dentro

de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio dafabet, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

  1. Home
  2. noticias
  3. tags
  4. fumo

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.

dafabet Mapa do site