dafabet

Capa do Álbum: dafabet
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
dafabet
Ícone seta para a esquerdaVeja todas as Notícias.

Polícia prende manifestantes anti-Israel na ponte de San Francisco

Placeholder - loading - Forças de segurança detém pessoa após manifestantes bloquearem a ponte Bay em San Francisco, Califórnia 16/11/2023 REUTERS/Loren Elliott
Forças de segurança detém pessoa após manifestantes bloquearem a ponte Bay em San Francisco, Califórnia 16/11/2023 REUTERS/Loren Elliott

Publicada em  

Por Max A. Cherney e Peter Henderson

SÃO FRANCISCO (Reuters) - Dezenas de policiais moviam-se de carro em carro procurando e prendendo manifestantes anti-Israel nesta quinta-feira, enquanto autoridades reabriam lentamente a vital ponte Bay Bridge em direção a San Francisco, que está sediando fórum da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico Fórum (APEC).

Os manifestantes pediam um cessar-fogo na guerra Israel-Hamas e hasteavam cartazes dizendo 'Parem o Genocídio' e 'Nenhuma Ajuda Militar dos EUA a Israel' enquanto bloqueavam a principal rota de transporte para a cidade.

A polícia prendeu 'dezenas' de manifestantes, disse um dos grupos envolvidos na ação à Reuters, por e-mail. Os manifestantes continuaram a gritar, mesmo após presos, 'Palestina livre, livre' e 'A Palestina será livre'.

Cerca de 250 policiais mobilizados detiveram manifestantes com braçadeiras após a Patrulha Rodoviária da Califórnia ter emitido ordem de dispersão ao grupo reunido. As autoridades posicionaram caminhões de reboque na ponte para, se necessário, remover os carros usados pelos manifestantes para interromper rapidamente o trânsito quando o protesto começou, na hora do rush matinal.

A manifestação na ponte segue-se a vários protestos ocorridos na quarta-feira, quando o presidente Joe Biden e o presidente chinês Xi Jinping se reuniam à margem da cúpula da APEC.

Depois que o tráfego começou a fluir novamente em pelo menos uma faixa, os policiais pararam um Honda, segundo uma testemunha da Reuters. A polícia ordenou que o carro freasse e prendeu os ocupantes, incluindo alguém no porta-malas, que parecia ser um manifestante.

Duas pessoas entre os presos disseram que não estavam associadas aos protestos e não deveriam ter sido presas. A professora de física da Universidade de Stanford Lauren Tompkins disse à Reuters que estava a caminho do trabalho e cumpriu as ordens da polícia quando foi presa em seu carro.

Na manhã desta quinta-feira, cerca de 200 manifestantes se reuniram na ponte, disseram os organizadores. Vários grupos participaram da manifestação, incluindo o Movimento da Juventude Palestina e a Solidariedade Palestina da Bay Area, segundo comunicado de imprensa.

Os manifestantes instaram Biden a pedir um cessar-fogo imediato na guerra Israel-Gaza, disse a executiva do Centro de Recursos e Organização Árabe, Lara Kiswani.

Antes da dispersão, os manifestantes acorrentaram-se entre veículos adornados com cartazes que diziam “Palestina Livre”, entre outros, mostraram publicações nas redes sociais. Vários deles pareciam estar deitados no asfalto cobertos com lençóis brancos.

(Reportagem de Max A. Cherney e Peter Henderson; reportagem adicional de Loren Elliott, Omar Younis e Sandra Stojanovic)

Escrito por Reuters

Últimas Notícias

  1. Home
  2. noticias
  3. policia prende manifestantes …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.

dafabet Mapa do site